terça-feira, 8 de abril de 2008

Grandes Momentos Cinematográficos

"THE GODFATHER - PART II", de Francis Ford Coppola

Nota Ante-Cinema: 9/10

Nesta altura perguntam-se a vocês mesmos, porque razão focamos aqui, não o primeiro filme da trilogia, que está repleto de grandes momentos, mas sim o segundo? A resposta encontra-se no facto de esta cena em baixo, representar um dos beijos mais frios mas ao mesmo tempo cheio de afectividade que a história do cinema já presenciou. O chamado beijo da morte. Ainda para mais, o Ante-Cinema queria partilhar este momento com os cinéfilos, devido ao regresso de Francis Ford Coppola às salas de cinema com o filme a estrear esta semana intitulado de "Youth Without Youth - Uma Segunda Juventude", que estreia esta quinta-feira.

Para acrescentar, temos uma excelente notícia para dar. A partir de hoje, foi estabelecido uma espécie de cooperação, entre nós e o blog "Cinematograficamente Falando". É sem dúvida uma grande honra para o Ante-Cinema colaborar com este excelente blog onde, desde já, agradecemos todo o apoio, que por parte do Hugo Gomes tem sido dado.
Assim, aqui fica a avaliação e um pequeno comentário, em relação a este filme por parte do "Cinematograficamente Falando".

Cinematograficamente Falando - Nota: 10/10
"Francis Ford Coppola conseguiu algo inimaginável, não é um sequela superior nem sequer inferior, mas sim uma afirmação da qualidade do antecessor de 1972. Al Pacino toma rédeas a um filme sólido e narrativamente bem sucedido com cenas marcantes que ditaram o rumo do cinema de crime. Um feito!"

A Cena:



Ante-Cinema#

1 comentário:

João Caldeira disse...

Ok. aqui vai o meu primeiro comentário.

Para já, parabéns pelo blog fer.

Passando à cena, quando de todas as cenas da trilogia do Padrinho escolheram precisamente esta (a minha preferida) pôs-me um sorriso na cara. Para mim acho que é das cenas que diferencia o primeiro padrinho, um bom filme recheado de boas interpretações e momentos memoráveis, do segundo cuja história é excelente e superior à do primeiro. Qual é o melhor depende de cada um, mas esta é uma cena que exemplifica as diferenças entre os dois filmes. Boa escolha!