quinta-feira, 9 de outubro de 2008

"Desejos Selvagens" - Com o Apoio do Ante-Cinema

por Fernando Ribeiro

Nota: 7/10

Tom Kalin, realizador de culto e que cumpre muito bem com este "Desejos Selvagens", traz-nos um filme sem medo dos preconceitos e sem qualquer tipo de hesitação quanto à interpretação da audiência relativamente ao seu produto final. No entanto, isto tem sempre os seus se nãos.
"Desejos Selvagens" tem tudo para obter a marca de incompreendido, uma vez que pelas cenas chocantes que são apresentadas ao espectador, elas acabam por ser susceptíveis para os consequentes risos ou mesmo para um certo mal estar devido ao poder psicológico que elas apresentam. No entanto, elas conseguem transmitir devidamente o puro drama duma família que luta por se adequar a diferentes sociedades ao longo dos seus tempos, e que tenta ao máximo inserir-se nos ideais familiares da altura. Como disse em cima, o filme não apresenta qualquer tipo de preconceitos, tanto sociais como afectivos. O que é para se mostrar, está lá sem nenhum tipo de codificação ou hesitação. Isto permite assim uma grande força ao drama do filme, que junta também grandes interpretações de Julianne Moore e do jovem Eddie Redmayne. Para além disso contém uma fotografia exemplar. "Desejos Selvagens" peca apenas pelo seu início algo morto e que deixa o espectador um pouco distraído quanto àquilo que se está a passar.
Deixo este espaço aberto para as vossas opiniões, para assim ser possível discutir as diferentes ideias que existirão relativamente a este filme de Tom Kalin.



Ante-Cinema#

5 comentários:

The Joker disse...

Já tinha vontade de ver o filme, agora deixas-te-me ainda com mais vontade! :)

Abraço

Fernando Ribeiro disse...

The Joker,

Recomendo-te o visionamento deste filme. Quando o vires conto aqui com a tua opinião :)

Abraço!

close-up disse...

e eu que ganhei bilhetes para a anteestreia e nao pude ir :(:(

estou inconsolavel lol

Fernando Ribeiro disse...

Close-up,

Foi pena não teres conseguido ir à antestreia. Mas terás oportunidade de o ver agora :)

Abraço

Anita :) disse...

como já sabes, eu apreciei bastante o filme!!!um belissímo trabalho, conduzido com extremo cuidado e maturidade!!

e, a actuação da Julianne Moore é um verdadeiro colírio para os olhos: Soberba!

beijinho